Ricardo Fischer: jogador pode ser um dos melhores armadores da temporada

Ricardo Fischer: jogador pode ser um dos melhores armadores da temporada

Em 2019, Ricardo Fischer, em conversa com o Esporte Clube Basquete, revelou que dentre suas metas para o futuro, voltar a ser um dos melhores armadores do NBB seria uma das prioridades. Durante a entrevista, Ricardo também afirmou que estava em fase de recuperação e adaptação ao ritmo da liga.

Felipe Souza (Blog do Souza – atual ECB) – É inegável que você é um armador talentoso e tem tudo para se destacar no NBB. Qual a sua expectativa para essa nova temporada?

Fischer – A primeira é estar saudável a temporada toda. A volta de uma lesão de cruzado é muito complicada; o corpo precisa de um tempo para se adaptar. A segunda é levar o Corinthians a disputar títulos, e a terceira é voltar a ser o melhor armador do país.

Não é segredo que Fischer conseguiu se estabelecer como um dos grandes jogadores do Corinthians durante o período, tornando-se um dos pilares de uma forte equipe. A grande questão é – ele pode conquistar tal status atuando pelo Brasília?

A equipe do Centro-Oeste recebeu diversos investimentos, tanto do Banco de Brasília, quanto da rede de fast food Giraffas. Com mais recursos financeiros, o plantel lanterna da última temporada do NBB foi reforçado e tem tudo para aumentar as ambições para 2021/22.

Instinto de liderança

Todo brasileiro sabe que, quando um jogador estrangeiro vem jogar no Brasil, as expectativas são altíssimas – e no Corinthians não foi diferente. Além da fiel torcida fazer jus ao apelido, os destaques são sempre colocados em um patamar acima dos outros. Zoom Fuller se tornou o gringo da fiel e passou a ser considerado ídolo.

Mas o que Fischer tem a ver com o desempenho de Fuller? A resposta é bastante simples. Mesmo sendo ovacionado e o estrangeiro responsável por resolver jogos, Fuller sempre viu Fischer aparecer constantemente, assumindo a liderança em momentos críticos, não só trazendo o jogo para si, mas afetando drasticamente a forma como seus companheiros impactavam o jogo.

Todas as posses de bola decisivas passavam por ele, que sempre tomou decisões minimamente razoáveis para a conquista de vitórias do Timão. Além do mais, Fischer ultrapassou a marca de 1.000 pontos com a camisa alvinegra, feito bastante comemorado por colegas e comissão técnica da equipe. Tudo isso mostra o quanto ele foi importante para as ambições corintianas durante sua passagem.

+ SIGA O ECB NO INSTAGRAM, NO YOUTUBE, NO TWITTER E NO TIK TOK

Médias da carreira

Sua melhor temporada da carreira foi a 2019/20, quando alcançou médias de 14,6 pontos e 4,6 assistências, revelando um lado mais pontuador do jogador.  Sendo a primeira opção na criação de jogadas, Fischer mostrava cada vez mais ser um dos armadores mais completos do Brasil. Ainda que seus números fossem empolgantes, havia uma divisão grande de responsabilidades.

Fischer no Brasília

Agora em uma nova equipe, uma cidade diferente e toda aquela adaptação para se fazer, resta ao torcedor segurar a empolgação, mas esperar boas atuações do armador.

Ele chega em uma idade em que seu vigor físico segue a todo vapor e sua experiência é extremamente relevante dentro do cenário profissional de basquete do país. Contando com um projeto bem alinhado, investimentos e condições de competir, Fischer tem plenas condições de mostrar todo seu potencial e trazer belas conquistas para o Brasília.

Não é certo que o planejamento brasiliense será 100% efetivo, mas a impressão que fica é de mais organização e qualidade, com Fischer sendo o grande jogador de uma equipe que precisa de nova mentalidade e um papel de liderança nas quatro linhas.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: