O que esperar da Bélgica na Olimpíada?

O que esperar da Bélgica na Olimpíada?

A seleção de basquete feminino da Bélgica nunca havia participado dos Jogos Olímpicos. Em Tóquio-2020, fez sua estreia e na primeira partida, realizada na manhã desta terça-feira (27), venceu uma das favoritas ao pódio: a Austrália. Após conquistar uma medalha de bronze na EuroBasket, realizada em junho e que serviu como preparação para a Olimpíada, a seleção comandada por Philip Mestdagh espera surpreender. Será que elas podem subir no pódio já na sua estreia?

Se depender do trio Emma Meesseman, Antonia Delaere e Julia Allemand, sim. Na vitória contra a Austrália pelo placar de 85 a 70, as três fizeram juntas 65 pontos e comandaram a partida contra as Opals, que contavam com o desfalque da grande estrela do país, Liz Cambage.

Emma Meesseman teve uma atuação impecável na estreia das Belgium Cats | Foto: fiba.basketball

O fã da WNBA já está acostumado com o talento de Emma Meesseman, afinal, ela foi a primeira jogadora reserva da história do torneio a conquistar o troféu de MVP das Finais. Na partida desta terça, em quase 35 minutos dentro de quadra, a ala-pivô fez 36 pontos, sendo 16 deles no último período, quando a seleção belga conseguiu abrir a vantagem no placar. Além disso, Meesseman contribuiu com mais nove rebotes, cinco assistências, quatro roubos de bola e um toco.

SIGA O ECB NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO TWITTER E NO TIKTOK

Após a partida, Meesseman comentou: “Isso faz parte da nossa história agora, e se você me dissesse antes que venceríamos a Austrália, uma das favoritas, com 15 pontos? Eu provavelmente riria”, disse a ala-pivô. “Mas, ao mesmo tempo, conheço todos os times … nós jogamos e todos os times são derrotáveis”, finalizou.

A atleta também deixou sua felicidade em sua conta pessoal no Twitter:

Além das belgas cometerem menos erros na partida (5), também tiraram muito proveito dos desperdícios da Austrália. No total, foram 20 pontos convertidos provenientes de erros do adversário. Por outro lado, as atletas vindas do banco precisam contribuir mais ofensivamente. Por elas, foram convertidos apenas nove pontos e  só quatro atletas reservas entraram em quadra. Para seguir impondo esse ritmo de jogo no decorrer dos Jogos, Mestdagh irá precisar de todo o seu plantel disponível.

Com apenas uma partida disputada, não é possível saber se a equipe deve subir ao pódio ou não, mas ao assistir ao jogo desta terça-feira, podemos notar que vontade não vai faltar. As Belgian Cats desembarcaram em Tóquio com um único desejo: fazer história.

 

3 thoughts on “O que esperar da Bélgica na Olimpíada?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: