Equilíbrio define a rodada inicial dos playoffs da LBF

Equilíbrio define a rodada inicial dos playoffs da LBF

Equilíbrio define o início dos playoffs da LBF – algo esperado e comentado na semana passada . O equilíbrio foi traduzido com duas vitórias dos mandantes na primeira rodada, apenas uma por mais de dez pontos de vantagem e com uma candidata a MVP fazendo ainda mais jus por tal disputa.

Na sexta-feira (16), o Ituano foi surpreendido no último quarto contra o BAX Catanduva, e conseguiu recuperar a vantagem no fim da partida para sacramentar a vitória no primeiro confronto por 89 a 82. Ainda assim, o Galo teve cinco jogadoras com 10 ou mais pontos na partida – as pivôs Érika e Mari Dias; as armadoras Alana e Joice; além da ala Patty Teixeira.

Por Catanduva, Bianca fez um senhor duplo-duplo com 26 pontos e 17 rebotes. Além dela, o volume ofensivo foi completado pela ala/pivô Jenyff Moura, as armadoras Larissa e Beatriz e ala/armadora Thaissa – todas com mais de dez pontos na partida. Isso mostra que Catanduva teve bom volume ofensivo, contudo precisa mais da presença de Nicolle Chirinda no jogo desta noite se quiser ter sobrevida neste playoff.

Em Mesquita, o sábado passado foi mais uma afirmação da ala Thayná como maior candidata ao MVP desta temporada – uma atuação de gala com 33 pontos e 37 de eficiência. E assim a Sodiê Doces/Mesquita/LSB derrotou o Vera Cruz/Campinas por 80 a 69. Além da atuação de sua ala, a equipe carioca teve um excelente trabalho defensivo e cedeu apenas 22 pontos a seu adversário no primeiro tempo.

O Vera Cruz/Campinas sofreu demais com a forte marcação adversária e as faltas das pivôs no primeiro tempo, especialmente de Licinara. Mesmo assim, Tássia anotou 23 pontos e Gabi Guimarães, 20. Para empatar a série no domingo, o time campineiro precisa de atuações consistentes da armadora Babi e da ala Yasmin, jogadoras que fizeram apenas oito pontos somados em Mesquita. Alertamos na semana passada sobre a queda de rendimento do campeão de 2018 no fim da temporada regular.

Equilíbrio define o início dos playoffs também na partida em Santo André, onde o Sampaio Corrêa venceu a equipe da casa por 76 a 65, com um ótimo segundo tempo de muita imposição ofensiva – um placar de 47 a 34 para as visitantes. Destaques para a ala Isabela Ramona com 18 pontos, e a armadora Débora, com 34 de eficiência na partida.

O Santo André utilizou apenas seis atletas na partida e teve um time extremamente fadigado no último período; isto pode ter sido uma das razões para a queda na partida. Mesmo assim, a pivô Leticia fez 17 pontos e teve 21 de eficiência. A nota triste foi mais uma grave contusão da pivô Nadia Colhado, que teve rompimento dos ligamentos do joelho e desfalca o Tubarão até o final da competição.

Por fim, novamente o equilíbrio define o início da série entre KTO/Blumenau e SESI Araraquara, com vitória catarinense por 73 a 68. Em um primeiro tempo de muita intensidade (placar 46 a 32), o time da casa teve no quinteto inicial uma contribuição de 10 ou mais pontos na partida – Cacá e Mariana fizeram 17 pontos, Luana cravou 12, Firmino marcou 13 e Vitória fez 10 pontos.

Equilibrio define
Cacá foi a MVP na vitória do Blumenau – Foto: Vitor Bett/KTO Blumenau

Mesmo com o forte jogo de garrafão do adversário, o SESI Araraquara reagiu no segundo tempo, quando a pivô Juliana conseguiu defender melhor o garrafão e voltou a aparecer a combinação ofensiva entre Tainá e Nany Carvalho – 51 pontos fez a dupla –, fato que levou o jogo ao empate em 68 pontos. Entretanto, no fim do jogo, o Blumenau fez cinco bolas seguidas de três pontos e garantiu a justa vitória no primeiro jogo da série

Hoje tem início a segunda rodada dos playoffs e quero saber de você, leitor: quais os palpites para esta rodada? Comente aqui conosco e vamos analisar na semana que vem estes resultados.

+ SIGA O ECB NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO TWITTER E NO TIKTOK

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: