O que esperar da Unifacisa na próxima temporada do NBB?

O que esperar da Unifacisa na próxima temporada do NBB?

Ao fim de sua segunda temporada na elite do basquete nacional, a equipe da Unifacisa terminou a fase de classificação em 9°, chegando aos playoffs pela segunda vez consecutiva em sua história. Entretanto, na fase final do torneio, acabou sendo derrotada pelo time de Mogi no terceiro e decisivo jogo das oitavas.

“Acredito que, diante de todas as adversidades que nós tivemos ao longo dessa temporada, como jogos sem torcida na arena, muitas horas de viagem, longos períodos fora de casa e lesões ao longo de todo o campeonato, a avaliação que fazemos é extremamente positiva. O NBB é um campeonato muito difícil, é a primeira divisão do esporte no país, uma competição de altíssimo nível. Contudo, a análise que fazemos é muito boa”, disse o gerente de basquete do time, Eduardo Schaffer.

Com isso, a equipe da Unifacisa já começou a preparação, além de estar a todo vapor no mercado para voltar ainda mais competitiva na próxima temporada.

Reforços para temporada

Para próxima temporada do NBB, a equipe de Campina Grande está muito ativa nas contratações. Até agora já foram oito contratações, com destaque para as chegadas dos experientes André Góes (ala) e Guilherme Hubner (pivô), vindos de Franca, e Jimmy Dreher (ala), egresso do Paulistano.

Além de dois armadores estrangeiros – o venezuelano e com passagem pelo Flamengo na temporada 2017/2018, David Cubillan, e o estadunidense estreante no NBB, Trevor Gaskins.

Outra contratação para se ficar de olho é o ala-armador Kevin Crescenzi, que atuou pelo Cerrado na última edição do NBB.

Além disso, outras contratações anunciadas são os pivôs Antônio (ex-KTO) e Gerson (ex-São Paulo), assim como a renovação com a prata da casa, o pivô Alexandrinho.

Renovação da comissão técnica

Cesar Guidetti renovou o contrato com a Unifacisa e seguirá como técnico da equipe na próxima temporada 21/22. Sua chegada em novembro de 2020, no decorrer da competição, não foi um problema. Logo depois de sua estreia, a equipe teve ótimas atuações no torneio, com uma campanha final de 13 vitórias em 28 jogos e a vaga carimbada para os playoffs.

Sua experiência com a comissão técnica da seleção brasileira durante o pré-olímpico de Split também pode ser um fator que ajude o treinador nessa próxima temporada.

Além de Guidetti, a Unifacisa também anunciou a contratação de Rodrigo Carlos Silva como assistente técnico. Rodrigo traz consigo uma experiência adquirida em muitos times como Uberlândia, Flamengo e Corinthians.

O que esperar da equipe em quadra?

A princípio a equipe, que teve um dos melhores ataques da temporada passada, com médias de 82 pontos por jogo, tem tudo para melhorar. Ainda mais com as chegadas dos novos jogadores.

O armador Cubillan é um deles. Com características bem ofensivas, o venezuelano sempre está entre os líderes de assistências dos campeonatos que participa. Além de ter um 1×1 bem agressivo, que desequilibra as defesas adversárias.

Na parte defensiva, a equipe da Unifacisa foi certeira na contratação de Jimmy para próxima temporada. O atleta já ganhou três vezes o prêmio de melhor defensor do ano no NBB, e teve médias de 8,5 pontos, além de 2,9 rebotes e 6,9 de eficiência na última temporada com o Paulistano. Mas além dos números “frios”, Jimmy traz uma consciência defensiva muito boa, e que por fim pode ser bem aproveitada pelo técnico Cesar Guidetti.

Crescenzi, Hubner e Góes também podem ser pilares nos dois lados da quadra da equipe, que almeja voos maiores nesta temporada.

cesar guidetti basquete unifacisa
Cesar Guidetti e Betinho em jogo do último NBB. Foto: Mari Sá/LNB.

+ SIGA O ECB NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO TWITTER E NO TIKTOK

One thought on “O que esperar da Unifacisa na próxima temporada do NBB?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: