Thayná comanda a vitória do LSB RJ sobre o Bax/Catanduva

Thayná comanda a vitória do LSB RJ sobre o Bax/Catanduva

Pouco mais de dois meses após o duelo do primeiro turno, Sodiê Doces/Mesquita/LSB e AEC/Tietê Agroindustrial/BAX Catanduva voltaram a se enfrentar pela LBF 2021. E, desta vez, quem levou a melhor foi o time do Rio de Janeiro, que venceu na noite desta sábado (3/7) por 88 a 75, na Arena LSB, em Mesquita (RJ), e subiu para a quinta posição na classificação.

O grupo fluminense contou com mais uma expressiva atuação de Thayná, cestinha da temporada, que anotou duplo-duplo de 26 pontos e 13 rebotes, aliados a 5 assistências, 3 roubos de bola e 25 de eficiência que lhe renderam o troféu GOL Linhas Aéreas de Melhor Jogadora da Partida.

Marquita Daniels teve outro bom desempenho com 19 pontos em 22 minutos. Pelo lado catanduvense, a pivô Bianca teve seu segundo duplo-duplo da temporada, com 16 pontos e 12 rebotes. Thaissa também anotou 16 pontos, enquanto Moura fez 13 pontos e 9 rebotes.

+ SIGA O ECB NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO TWITTER E NO TIKTOK

A Sodiê Doces/Mesquita/LSB tem agora os mesmos 17 pontos do quarto colocado, Vera Cruz Campinas, que joga neste domingo contra o Santo André/Apaba. O time de Raphael Zaremba tem 5  vitórias em 12 jogos, com 41,7% de aproveitamento na LBF.

Já o AEC/Tietê Agroindustrial/BAX Catanduva soma 14 pontos, como o sétimo KTO/Blumenau, mas fica atrás pelo confronto direto. As comandadas de Cesamar Fernandes venceram apenas 2 dos seus 12 compromissos e têm 16,7% de aproveitamento.

O jogo

A Sodiê Doces/Mesquita/LSB teve a volta da francesa Jessy Gneneka ao quinteto titular, composto também por Daniels, Rayane, Mayara e Thayná. Cesamar Fernandes escalou o AEC/Tietê Agroindustrial/BAX Catanduva com o trio perimetral titular de Natalia, Larissa e Thaissa, com Bianca e Lorraine Milton compondo o garrafão.

A partida começou com precipitações de ambos os lados, que foram sendo reduzidas durante o primeiro período, marcado por alternâncias no placar e que terminou com vantagem do time da casa por um ponto (17×16).

Mais eficientes, os dois times subiram o nível da disputa no segundo período, que seguiu bastante equilibrado mas, novamente, pendeu para a LSB, que teve a dianteira por mais tempo e foi ao intervalo com a mesma margem mínima no placar (42×41).

O bom volume nas bolas de três ampliou a vantagem fluminense, com os tiros de Daniels, Thayná e da ala/pivô Juliana Ribeiro. Catanduva respondia com Thaissa, Larissa e Bianca.

No último período, duas bandejas de Schmauch e Juliana fizeram a LSB abrir 10 pontos. Sem resposta à altura, o time paulista conseguiu diminuir a diferença para 6 pontos a 5 minutos do fim, mas o troco fluminense da derrota no primeiro turno estava garantido.

+ SIGA O ECB NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO TWITTER E NO TIKTOK

Próximos jogos: A Sodiê Doces/Mesquita/LSB volta a jogar já nesta segunda-feira (5/7, 19h30, LBF LIVE), também na Arena LSB, contra o embalado KTO/Blumenau.

Na terça-feira (6/7, 19h30, LBF LIVE), o AEC/Tietê Agroindustrial/BAX Catanduva também joga em casa, contra o Vera Cruz Campinas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: